Roteiro Literário de Vergiliano - Melo e a "aldeia eterna" de Vergílio Ferreira

Ano: 2016

Localidade: Gouveia, Guarda

O Roteiro Literário Vergiliano é composto por dois percursos pedestres - um rural e outro urbano -, tendo como tema central o universo literário de Vergílio Ferreira e o ambiente rural em que se insere, permitindo a descoberta de numerosos tesouros paisagísticos, patrimoniais e etnológicos presentes em Melo. O percurso urbano desenvolve-se ao longo das ruas de Melo, tendo como principal objetivo o de dar a conhecer a aldeia onde nasceu Vergílio Ferreira a todos os seus leitores e provocar, nos que nunca o leram, a curiosidade e a atenção para a importância da sua obra literária. O percurso rural, circular, alia o universo literário do escritor a ambientes florestais e humanizados, com um forte cariz beirão, privilegiando o contacto mais próximo com o mundo rural e as principais produções agrícolas desta região.

Percurso Pedestre Urbano: Avenida Vergílio Ferreira – Chão do Paço; Casa onde nasceu Vergílio Ferreira; Capela de Nossa Senhora da Conceição; Pelourinho; Casa de S. Caetano; Escola dos Rapazes; Loja do Nunes; Correio e Taberna do Coxo; Capela da Misericórdia; Capela do Senhor do Calvário e Torre do Paço; Casa dos Beja Neves; Casa dos Pais de Cláudio de “Até ao Fim”; Casa do Pároco; Igreja Matriz; Rampa; Casa de Gertrudes – Santa Vieira/Santa Moreira; Rua das Casas Queimadas; Tronco do Ferrador; Casa dos pais de Vergílio Ferreira; Ribeira dos Namorados; Minas do Caramão; Capela de Santa Eufémia; Cemitério; Quinta do Ximenes de Signo Sinal; Ponte.
Percurso Pedestre Rural: PR4 – A – Melo e a “aldeia eterna” de Vergílio Ferreira; PR4 – B – Tronco de Ferrador; PR4 – C – Exploração de Volfrâmio; PR4 – D – Entre Soutos e Olivais – O Património Natural.

Promotor: Câmara Municipal de Gouveia

Voltar atrás


          © 2015 ARQUEOHOJE - Todos os direitos reservados