Espólio Arqueológico do Acervo do Museu do Dinheiro

Ano: 2017

Localidade: Lisboa


Trabalhos de conservação e restauro de espólio proveniente das escavações arqueológicas realizadas nas obras de requalificação do edifício, hoje Museu do Dinheiro, este acervo está integrado na Reserva do Banco de Portugal. Pretendeu-se recuperar as condições de conservação e de fruição das mesmas, mediante ações de conservação e restauro regidas pelos princípios deontológicos da Conservação e Restauro, possibilitando a recuperação deste património móvel de elevada qualidade estética e de importância histórica para a memória identitária do espaço do Museu do Dinheiro.


Promotor: Banco de Portugal


Voltar atrás


          © 2015 ARQUEOHOJE - Todos os direitos reservados