Voltar atrás

TÚNEL RODOVIÁRIO DE VIRIATO

Ano: 2003

Localidade: CAVA DE VIRIATO, VISEU

Do conjunto de trabalhos de sondagens arqueológicas executados no âmbito da implementação da Empreitada de Construção do Túnel Rodoviário sob a Rotunda de Viriato, interessa destacar o registo do fosso da Cava. Este, escavado na rocha branda, apresenta um perfil em U aberto com a largura máxima de 16m e profundidade máxima de 2,65m. As sondagens efetuadas na área exterior à entrada da Rua do Picadeiro permitiram confirmar que esta terá sido sempre uma entrada no primitivo monumento da Cava de Viriato. A estratigrafia geral registada permitiu perceber que o fosso era alagado e que os sedimentos se foram depositando ao longo dos séculos no fundo do fosso. A cronologia do espólio recolhido é esmagadoramente do período Moderno/Contemporâneo. No entanto, temos igualmente a registar um fragmento de terra sigillata  e o aparecimento um pouco por todas as sondagens de alguns fragmentos de tegulae romanas. Em abono da verdade, temos de referir que as peças do período romano se encontram extremamente boleadas indiciando intensas movimentações das mesmas. O facto de nos terem surgido peças de origem romana não se pode cair na tentação de atribuir uma cronologia romana para a Cava de Viriato. O que nos parece verdadeiramente estranho é a ausência de materiais de cronologia muçulmana, mais concretamente materiais balizados entre o séc. VIII e o séc. X.

Promotor: Sociedade para o Desenvolvimento do Programa Polis em Viseu, S.A. - ViseuPolis, S.A.



          © 2015 ARQUEOHOJE - Todos os direitos reservados