Convento de Santa Joana (CSJO)

Ano: 2018

Localidade: Lisboa


Uma das medidas de minimização indicadas pela DGPC, para o Convento de Santa Joana, em Lisboa, incidiram sobre o levantamento fotogramétrico do sector G do edifício. Assim, como medida de minimização de impacte no tecido patrimonial a DGPC assinala: “(…) antes das demolições dos edifícios originais do convento deverá ser realizado o registo do edificado conventual, o qual deverá prever o levantamento fotogramétrico, com produção de ortofotografia e criação de um modelo tridimensional das várias fases construtivas destes espaços do antigo conjunto religioso, cabendo aos arqueólogos responsáveis pela ação, decidir quais os meios que consideram os mais adequados para este efeito. (…)”.
Em consonância com esta decisão e após a limpeza e esvaziamento dos recheios e entulhos ainda existentes no local, executou-se o levantamento integral dos edifícios conventuais do sector G através do registo fotogramétrico, base para a posterior modelação tridimensional.


Promotor: AM 48 Unipessoal, S.A.


Voltar atrás


          © 2015 ARQUEOHOJE - Todos os direitos reservados