Travessa do Cabral, 55

Ano: 2016

Localidade: Lisboa

Na sequência da renovação do rés-do-chão deste edifício, foram abertas numa primeira fase cinco sondagens de diagnóstico, e posteriormente toda a área foi intervencionada, revelando algumas estruturas prévias à atual configuração arquitetónica. Entre estas, destacam-se um forno de grande dimensão, em tijolo, com duas câmaras de combustão e uma câmara de depuração nas traseiras do edifício, duas estruturas circulares de funcionalidade desconhecida, mas possivelmente ligadas ao forno e as fundações originais do prédio, entretanto remodeladas.

Promotor: Eijrond Beheer B. V. – Sucursal em Portugal

Voltar atrás


          © 2015 ARQUEOHOJE - Todos os direitos reservados