Voltar atrás

ESCADINHAS DA SAÚDE (MOURARIA)

Ano: 2015

Localidade: LISBOA

Os trabalhos arqueológicos efetuados na Mouraria em Lisboa, numa faixa alongada de terreno entre o Martim Moniz e a Costa do Castelo correspondente à área de afetação das acessibilidades suaves que serão introduzidas na colina num futuro próximo tendo-se inserido no Plano de Acessibilidade Suave e Assistida à colina do Castelo – Percursos da Mouraria.

Os trabalhos tiveram como objetivo diagnosticar o potencial arqueológico e patrimonial daquela área e avaliar o impacte que este poderá ter no projeto de arquitetura para aí planeado, sendo que, à partida, se tratava de uma realidade arqueologicamente sensível pois é contígua a um troço da Cerca Fernandina, encontrando-se no seu raio de proteção. A empreitada consistiu na abertura de cinco sondagens distribuídas por toda a encosta e pela limpeza de uma faixa de 5 metros de terreno na sua zona superior, ocupada até à data por um baldio/vazadouro contemporâneo.

Promotor: Câmara Municipal de Lisboa



          © 2015 ARQUEOHOJE - Todos os direitos reservados